Depressão e Graça

Definir como a graça de Deus pode nos ajudar em meio as nossas depressões é tão difícil quanto tentar definir como é a depressão ou as depressões. Assim como cada depressão nasce de uma causa ou é fruto de alguma coisa, vemos que em cada caso de angústia, sofrimento, depressão – os nome são diversos -, a graça e os conselhos de Deus se manifestam de uma forma diferente. Usando vários meios possíveis – tanto na palavra, no conselho e na natureza, podemos refletir no caso de Elias, aprendendo com o Senhor como podemos trazer consolo para o coração da pessoa que sofre. A graça de Deus se manifesta multiforme nessas situações.

No livro “Depressão e Graça” eu tento mostrar através de vários casos bíblicos como a graça de Deus se manifestou no sofrimento de cada um deles. A palavra depressão não está na Bíblia, e é um termo recente. Os sentimentos causados pela depressão são tão antigos quanto a existência do ser humano na face da terra, e na Palavra de Deus encontramos muitas pessoas que passaram por isso. Hoje, um profissional das áreas da psiquê humana ou da medicina, ao analisarem essas histórias bíblicas, identificariam esses personagens com quadros depressivos. Alguns de forma duradoura, outros pontuais, ou em curtos períodos de tempo, mas a intensidade é tal que seria catalogada e tratada como sendo depressão (nos dias de hoje).

Uma história que me marcou bastante foi o caso do profeta Elias, que em determinado momento venceu os profetas de Baal e viu a grande vitória de Deus sobre as mentiras de Jezabel e Acabe (adoradores de Baal). Numa prova que Elias e os profetas de Baal fizeram com o Deus verdadeiro, esses profetas clamaram a Baal o tempo todo e nada aconteceu. Depois Elias clamou, e fogo caiu do céu. Tudo aconteceu! Elias mandou que matassem os profetas de Baal e todos foram mortos. Ao saber do ocorrido, Acabe foi compartilhar a notícia com Jezabel. Poderíamos então imaginar o profeta Elias feliz e eufórico porque toda nação saberia que o Deus da Bíblia, Javé, é o Deus verdadeiro, e não Baal. Mas foi totalmente o contrário, pois uma frustração entra no coração de Elias quando ele recebe a notícia que Jezabel prometeu que iria matá-lo em 24 horas. Elias, que recentemente havia vivenciado uma grande vitória, foge para um lugar deserto em uma espécie de caverna e permanece ali, sem forças, triste e abatido. Em seguida foge para o deserto, e Deus o leva para o Monte Horebe e fala com ele algumas vezes. Durante esse tempo, Deus manda corvos para sustentá-lo trazendo alimento e água, permitindo que ele dormisse e descansasse. Essa é a maneira como Deus trata Elias. Com uma brisa suave, Deus se revela a Elias. Ou seja, naquele som semelhante ao de um rastelo levando as folhas no chão. De uma maneira suave com o som da natureza, Deus acalma o coração de Elias, se comunicando através de uma confrontação totalmente piedosa e amorosa.

Eu creio que esta é uma maneira de percebermos como a graça se manifesta diante do nosso sofrimento. O que vemos com frequência são pessoas que estão sofrendo receberem questionamentos como esses: Você está fazendo isso porque tem algum pecado escondido na sua vida! Qual é esse pecado? Confesse! Isso é pra você criar vergonha na cara, ou é algum demônio que está na sua história, ou isso é frescura, deixa de ser bobo! Por que que você está sofrendo desse jeito? Você é crente! Crente não sofre! No entanto, não vemos o Deus da Bíblia agindo assim com quem sofre. Em sua graça, percebemos que Ele se preocupa com a alimentação de Elias, ajudando-o experimentar como a própria natureza estava a disposição para acalmar o seu coração. Deus se comunica em amor! E eu creio que é da mesma forma que Deus quer nos tratar hoje, tentando trazer nossos corações e mentes para a paz, para a calma, para a luz, e para a ciência de quem Ele.

Eu creio que esse é um ensino para nós, de como a graça se manifesta nessas situações. E também é um ensino para aqueles que aconselham, sobre como eles devem abordar os que estão sofrendo. Aqueles que aconselham, não só pastores e conselheiros bíblicos, mas todos os cristãos que de algum modo ajudarão alguém em sofrimento. Que Deus nos ajude a transmitir graça para aqueles que sofrem!

  • Wilson Porte Jr. é pastor na Igreja Batista Liberdade, em Araraquara-SP, bacharel e mestre em teologia pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida e CPAJ (Universidade Mackenzie). É presidente da Comunhão Reformada Batista no Brasil e do Conselho do Seminário Martin Bucer, onde leciona nas áreas de teologia bíblica, grego e hebraico.

Voltemos ao Evangelho


Apresentação de um estudo bíblico que aponta para um caso típico de depressão na vida de um servo de Deus e como ele foi ajudado pelos conselhos e graça do Senhor durante aqueles momentos de profundo sofrimento e confusão mentais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *